Uma técnica relativamente recente tem chamado a atenção de alguns pacientes que buscam fazer a cirurgia do nariz. Afinal, o que é a rinoplastia ultrassônica e quais seriam as suas vantagens?

A rinoplastia ultrassônica é a técnica que usa um dispositivo ultrassônico para realizar cortes precisos nos ossos nasais, substituindo o martelo. O aparelho auxilia o cirurgião especialista em rinoplastia na hora de cortar o osso e realizar a fratura necessária.

Inicialmente, o dispositivo chamado de “Piezo” era usado em cirurgias feitas no queixo e na mandíbula e passou a ser usado também para a cirurgia no nariz.

Vantagens e desvantagens da rinoplastia ultrassônica

Uma das vantagens do dispositivo ultrassônico é que ele permite selecionar o tipo de tecido que será cortado. Dessa forma, é possível cortar o tecido ósseo e preservar os vasos sanguíneos, por exemplo.

Por outro lado, para permitir a ação do aparelho, há a necessidade de aumento da área a ser descolada entre a pele e os ossos do nariz. Isso prolonga o tempo da cirurgia e pode gerar mais inchaço no rosto no pós-operatório.

No entanto, independente da técnica, é importante seguir as orientações médicas para garantir uma boa recuperação e os melhores resultados para a sua rinoplastia. Repouso, medicação nos horários corretos e alimentação saudável são essenciais.

A rinoplastia ultrassônica é melhor?
Não há um consenso sobre a melhor técnica. A mais indicada para o seu caso deve ser estudada com o seu médico de confiança, de acordo com as suas expectativas e também as possibilidades cirúrgicas.

É interessante verificar que material o cirurgião prefere utilizar, com qual ele tem mais costume e familiaridade e qual ele recomenda para o seu caso.

Entre em contato e agende um horário para tirar suas dúvidas e verificar se a rinoplastia ultrassônica é a melhor indicação para o seu caso.

Entre em contato e marque uma consulta.

Acompanhe dicas do Dr. Pedro Fragoso também no Instagram!